LOADING

Type to search

Apesar da “crise de popularidade”, o governo de Zapatero consegue aprovar um pacote de austeridade

Share

Ontem, dia 27 de maio, o Parlamento espanhol aprovou, por 169 votos a favor e 168 contra, um pacote de austeridade (rigor no controle de gastos) de 15 bilhões de euros, em uma ação do país para cortar o déficit no orçamento.

Contrário a esta nova lei, o líder do CiU (partido catalão nacionalista de centro-direita), Josep Antoni Duran i Lleida, declarou ao Parlamento que Zapatero deveria convocar eleições antecipadas no ano que vem. “O problema é você e seu governo“, disse ele ao Premiê.

Essa lei é improvisada, insuficiente e injusta“, afirmou o líder do “Partido Popular” (PP), Mariano Rajoy, ao Parlamento. Atualmente, o PP, partido conservador de oposição, lidera as pesquisas de opinião para as próximas eleições na Espanha.

No dia 26 de maio, o “Partido Nacionalista Basco” declarou que vai se alinhar ao Partido Popular na oposição aos cortes de gastos. O plano do governo pretende economizar mais 15 bilhões de euros e inclui a diminuição de 5% do salário do setor público neste ano para reduzir o déficit orçamentário.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!