LOADING

Type to search

Share

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, encontrou-se ontem (13 de julho) com o presidente chinês, Hu Jintao, em Beijing, capital da China, para discutir novos caminhos para as relações entre os dois países.

Kirchner tem interesse em promover a cooperação com os chineses através do crescimento de intercâmbios culturais e na educação e põe ênfase nas relações comerciais, tendo interesse em tornar a Argentina um dos principais “players” responsáveis pelo crescimento das relações da deste país com a América Latina.

Hu Jintao enfatizou os interesses chineses em participar com parcerias e estabelecendo um diálogo forte com organizações latino-americanas.  O gigante asiático pretende aumentar os laços com os países latino-americanos de forma gradativa, sem descontrole do processo. Por isso, acredita que por intermédio do intercambio cultural e da educação essas relações crescerão de forma “saudável”.

Após a reunião de ambos os líderes, eles assinaram uma série de acordos bilaterais com foco nos transportes, com a China cooperando com créditos aos argentinos para infra-estrutura de transportes, para o fortalecimento da malha ferroviária e aquisição de novas locomotivas. O objetivo é auxiliar nas exportações do país sul-americano.

A visita da Presidente argentina à China, a convite do presidente chinês, foi a primeira visita de Estado ao país asiático e ela se deu com resultados positivos e satisfatórios para ambos.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.