LOADING

Type to search

Share

A atual situação sócio-econômica da Coréia do Norte levou-a a recorrer à ajuda do país vizinho, ao sul. Segundo à imprensa sul-coreana, Pyongyang solicitou o auxílio de 500.000 toneladas de carros e 300.000 toneladas de fertilizantes para a Coréia do Sul.

O pedido realizado pelas autoridades norte-coreanas fazem parte de uma negociação sobre o reinício dos encontros das famílias coreanas separadas pela “Guerra da Coréia” (1950/53), que dividiu a península em dois países. O pedido deste auxilio é parte da troca de concessões prevista no programa de reunião de famílias e o governo da “República Popular Democrática da Coréia” (Coréia do Norte) disse estar disposta a aceitar os novos termos negociados com Seul (Coréia do Sul).

Os representantes norte-coreanos condicionaram o programa de reunião de famílias separadas à questão do auxílio, indicando que poderiam aceitar concessões, se lhes fossem entregue arroz e fertilizante”, disse uma fonte anônima citada pela imprensa sul-coreana.

O programa em questão é um projeto humanitário com o objetivo de reunir as mais de 2 mil famílias coreanas separadas pela guerra do século passado. Este programa está interrompido desde o incidente envolvendo o naufrágio da fragata sul-coreana no início deste ano, no “Mar Amarelo”.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.