LOADING

Type to search

Retomados os diálogos para a construção de usina conjunta entre a PDVSA e PETROBRÁS

Share
O Presidente da Venezuela, Hugo Chávez, e o presidente da Petrobras (Petróleo Brasileiro S/A), Sérgio Gabrieli, realizaram ontem (28 de julho) reunião para tratar da construção conjunta da refinaria Abreu e Lima, no nordeste brasileiro.
 
As conversas que estão sendo realizadas são a retomada de negociações entre os dois países para criar uma rede de produção e distribuição conjunta, que havia sido proposto por Hugo Chávez em 2006 e 2007 e ficou em passo de espera, devido às propostas que foram surgindo ao longo dos últimos dois anos de construção do gasoduto do sul e ingresso da Venezuela no MERCOSUL (Mercado Comum do Sul).
 
O Nome de Abreu e Lima é uma homenagem ao vulto histórico José Inácio de Abreu e Lima, pernambucano cultuado como herói pelos Venezuelanos por ter lutado quatorze anos ao lado de Simón Bolívar, um dos construtores independência da Venezuela
 
A proposta que está sendo retomada será discutida em mais detalhes na visita que o presidente do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva, fará à Venezuela, provavelmente em dois meses.
 
Desde o final de 2006 e início de 2007, quando a proposta começou a ser anunciada ao grande público, previa-se investimentos da ordem de US$ 4 bilhões, com investimentos de 40% para a PDVSA (Petróleos de Venezuela S/A) e 60% para a Petrobrás. A contrapartida seria a prospecção de petróleo feita pela Petrobrás na faixa do Orinoco, quando se anunciou que alí estava a maior reserva de petróleo do mundo. O projeto nã se esgotava na construção da refinaria, mas num conjunto de investimentos que se espalhariam por ambos os países.
 
Com os problemas da crise econômica mundial, que resultou no aumento dos problemas econômicos venezuelanos, com a demora do ingresso da Venezuela no MERCOSUL e com o abandono da contrução do gasoduto do sul, a retomada do projeto pode ser uma saída venezuelana para impedir sua exclusão da cadeia produtiva regional, mantendo seu envolvimento com o ator mais significativo do sub-continente sul-americano, o Brasil.

 

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.