LOADING

Type to search

Share

Uma aeronave militar da Coréia do Norte, possivelmente um caça MiG-15,  que era usado na “Guerra da Coréia”, entre 1950 e 1953, caiu na China, próximo à fronteira dos dois países. O acidente aconteceu no condado de Fushun (Província chinesa de Liaoning).

A incidente foi confirmado pelas autoridades da China e foi registrado por moradores próximos ao local da queda. Eles bateram fotos e a disponibilizaram na internet. Os sul-coreanos se apressaram em divulgar o acontecimento, em especial devido aos problemas que estão ocorrendo na península sul-coreana, cuja instabilidade é crescente e corre o risco de envolver a China, principal aliada de Pyongyang, mas que também tem intenso relacionamento com a Coréia do Sul, pois deseja manter toda a região sob o seu círculo de influência.

As informações divulgadas por Seul e por Pequim divergem. A China confirmou o ocorrido, mas não apresentou detalhes, apenas informou que houve a morte do piloto, único tripulante, e não sabe qual a razão da queda. Já Seul está divulgando que havia dois pilotos. Um morreu e o outro encontra-se com os chineses. Também não sabe a razão da queda, mas isto está levando a especulações, pois alega-se que eram desertores que tentavam chegar na Rússia.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.