LOADING

Type to search

Anunciado que as negociações entre “União Européia” MERCOSUL serão retomadas em junho, mas elas não serão fáceis

Share

Foi anunciado que as negociações entre o “Mercado Comum do Sul” (MERCOSUL) e a “União Européia” (UE) para a criação de uma “Área de Livre Comércio” entre os dois Blocos serão retomadas em junho, após a paralisia ocorrida devido às manifestações de países europeus contrários a qualquer assinatura, pois, segundo alegam, haverá prejuízos difíceis de serem mensurados à agricultura da Europa.

As divergências continuam, mas acredita-se que poderão ser solucionadas desde que seja possível alcançar um equilíbrio entre as exigências agrícolas e industriais tanto dos sul-americanos como dos europeus. De acordo com a declaração do “Assessor Especial para Assuntos de Relações Internacionais da Presidência da República”, Marco Aurélio Garcia, não se poderá fazer a conclusão de um tratado como os assinados entre os europeus e outros países da América Latina que têm indústria incipiente em comparação com a européia. No caso brasileiro e argentino, segundo o Assessor, a relação terá de ser outra, pois se trata de outro universo.

De acordo ainda com Garcia, a Europa não poderá ser protecionista com relação ao setor agrícola para poder prosperar o desenvolvimento do diálogo. Observadores têm destacado que o equilíbrio buscado pelo Assessor não será possível nestes termos, apontando que, por essa razão, é provável que não haja avanços. No entanto, também têm destacado que a sua conduta está correta, pois aparenta ser norteada pela defesa dos interesses tanto nacionais como do MERCOSUL.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!