LOADING

Type to search

Após crise nuclear no Japão, Angela Merkel suspende os planos para as usinas nucleares no país

Share

As críticas ao setor de energia nuclear alemão foram reacendidas pela crise no “Complexo Nuclear de Fukushima”, Japão. Com o problema japonês, a chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou a suspensão, por três meses, do plano para estender o prazo de vida de 17 usinas nucleares no país, declarando também que o governo fará uma revisão ampla da segurança dessas instalações e da política de energia atômica da Alemanha.

Na gestão Merkel, os planos governamentais eram de estender a vida útil das usinas nucleares do país (em média por 12 anos) e, em troca, as empresas desta área venderiam títulos para ajudar a financiar os planos de energia renovável. O antecessor de Merkel, Gerhard Schröeder, por sua vez, havia se comprometido em fechar as usinas nucleares alemãs até 2021.

A situação depois dessa moratória será diferente da situação anterior”, declarou Merkel a jornalistas em Berlim, acrescentando, segundo o jornal “O Estado de São Paulo”, que a segurança de cada usina será analisada cuidadosamente “sem qualquer tabu”.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!