LOADING

Type to search

Banco Central sul-coreano anuncia que retaliará a Coréia do Norte

Share

O “Banco Central” sul-coreano anunciou, ontem, dia 23 de novembro, que trabalhará junto com o Governo para retaliar a Coréia do Norte, adotando medidas financeiras. É uma forma de fazer pressões antes de uma investida militar, tentando obrigar o vizinho do norte retroceder em suas ações.

Foi informado que farão monitoramentos dos mercados financeiros, sem detalhar o que isso significa. Analistas acreditam que a ameaça se refere à adoção de sanções contra o Norte, podendo envolver empresas, organismos e outros países.

Os norte-coreanos acusaram Seul de ter feito os primeiros disparos, tendo apenas respondido às investidas. Independentemente da afirmação, observadores concluem que foi Pyongyang quem iniciou a situação, devido à necessidade do governo do norte em buscar união popular e apoio do Exército na transição política que se avizinha, quando poderá assumir Kim Jong-un, o filho mais novo de Kim Jong-il, atual líder do país. Há divergências na mídia quanto a idade de Kim Jong-un, oscilando entre 25 e 27 anos.

Como o país tem elevado nível de militarização de sua sociedade, é consenso que, sem o apoio do Exército, o futuro mandatário não terá condições de dar continuidade ao regime. As ações militares estariam inseridas nesta estratégia de manutenção do poder político interno, por isso, o sul-coreanos preferem as pressões econômicas e políticas antes de adotar o enfrentamento militar. Ficou, entretanto, o aviso de que, se não pararem com os ataques, a Guerra será reiniciada.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.