LOADING

Type to search

China continua fechando minas de carvão, em prol do meio ambiente

Share

Com a finalidade de reduzir as emissões de “dióxido de carbono” e buscar a preservação do meio ambiente, o governo chinês mantém sua política de fechar fábricas que não cumpriram as normas e chegaram aos níveis estabelecidos para a redução dos índices de poluentes. O programa iniciou-se em janeiro deste ano e também atingiu o setor da mineração.

Segundo dados do “Departamento Nacional de Energia da China” (DNE), mais de 1.500 pequenas minas de carvão foram fechadas entre janeiro e setembro deste ano (2010). Elas apresentavam riscos à segurança dos trabalhadores, emitiam muito “dióxido de carbono” e tinha alto risco de contaminação do ambiente.

As minas tinham sua capacidade produtiva inferior a 130 milhões de toneladas de carbono. Por isso, o governo decidiu fechá-las, já que não impactavam de forma significativa na economia e está sendo importante iniciar o planejamento para a reestruturação do setor no país.

Segundo o DNE, estas minas deverão ser reestruturadas, atendendo às normas de segurança e de poluição ambiental para poderem voltar a funcionar. O governo não pretende encerrá-las em definitivo, uma vez que o carvão é um dos combustíveis motrizes da economia chinesa.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.