LOADING

Type to search

Conflito entre o governo argentino e o setor agropecuário

Share

O presidente da Federação Agrária Argentina, Eduardo Buzzi, anunciou que os produtores rurais estarão em assembléia até o dia 20 de agosto, dia no qual o Senado argentino deverá votar a prorrogação do projeto de lei, que expira este mês,  concedendo ao Poder Executivo faculdades especiais para gerenciar o orçamento e fixar impostos sem a aprovação do Legislativo.

 

Buzzi afirmou que os produtores rurais necessitam de soluções urgentes para os problemas do setor e acrescentou que a situação financeira está grave. As medidas adotadas pelo governo argentino estão agravando a situação e desestimulando a produção local, bem como os investimentos externos.

Nesta conjuntura, o setor agropecuário ameaçou fazer novos protestos pelas rodovias do país contra a prorrogação do projeto de lei, que tem como ponto mais conflituoso a imposição de imposto às exportações.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.