LOADING

Type to search

Conselho Europeu acorda Reforma do Sistema Financeiro da Europa

Share

A União Européia comprometeu-se em restabelecer a confiança e o bom funcionamento do mercado financeiro como condição prévia indispensável para sair da crise econômica financeira atual. Esse é o resultado da Cúpula de Berlim (22 de fevereiro de 2009) e da reunião ministerial do G20 (14 de março de 2009).

Amparado na conclusão obtida nessas reuniões de cúpula o Conselho Europeu decidiu hoje (19 de junho), reformar o sistema financeiro da União Européia (UE) a fim de melhorar a regulamentação e a supervisão das suas instituições financeiras.

As reformas a serem adotadas devem basear-se no informe do Grupo de Alto Nível sobre Supervisão Financeira presidido por Jacques Larosière (ex-diretor administrativo do Fundo Monetário Internacional – FMI).

Estas reformas deverão impulsionar um Sistema Europeu de Supervisores Financeiros. Este, por sua vez, será composto por três organismos pan-europeus encarregados de coordenar os trabalhos dos organismos nacionais responsáveis pela supervisão dos bancos, das corretoras de valores e das seguradoras, tratando-se de instituições que atuam em mais de um país da UE.

Como acordado, um Comitê de Riscos Sistêmicos deverá ser controlado pelo Conselho Geral do Banco Central Europeu, formado por representantes de todos os países da UE, e não apenas dos 16 países da zona do Euro.

 

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!