LOADING

Type to search

Criada “Comissão Permanente para o Desenvolvimento e a Integração da Faixa de Fronteira”

Share

De acordo com informações disseminadas pela “Agência Brasil”, no dia 25 de abril, foi instalada a “Comissão Permanente para o Desenvolvimento e a Integração da Faixa de Fronteira” para coordenar ações visando promover o crescimento econômico e o combate à criminalidade e ao comércio ilegal na região, formada por 11 estados brasileiros.

Na cerimônia de instalação da Comissão, o ministro da Integração Nacional”, Fernando Bezerra Coelho, declarou que a faixa de fronteira “vem sendo marginalizada do debate e das decisões nacionais” por estar longe dos centros político e econômico e esse distanciamento é uma das explicações para o baixo índice de desenvolvimento da região, para o aumento dos índices de violência, do crime organizado, da exploração sexual e dos tráficos de drogas e de armas.

A Comissão, composta por representantes de 20 órgãos federais e coordenada pelo “Ministério da Integração Nacional” (MIN), tem a função de elaborar ações capazes de estimular o crescimento econômico da região fronteiriça. O secretário de Desenvolvimento Regional, Sérgio Castro, informou que cada estado terá um núcleo próprio. “Quando você promove o desenvolvimento dessa região, dá educação, saúde, infra-estrutura, cria alternativas de emprego, você reduz a possibilidade de atividade ilegal”, afirmou o secretário.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.