LOADING

Type to search

Debate sobre questão hondurenha substitui problema entre Colômbia e Venezuela no encontro de Lula com Ortega

Share

O presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, concentrou suas atenções na questão do retorno de Honduras à “Oranização dos Estados Americanos” (OEA), relativizando e esfriando o problema entre Colômbia e Venezuela, durante o encontro ocorrido em Brasília (Brasil), ontem, dia 28 de julho, com o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega.

O Presidente brasileiro adotou postura de manter seu posicionamento em relação ao atual governo hondurenho de suspensão do país na OEA, enquanto não for acatada a exigência principal feita pela maioria dos países da “União das Nações Sul-Americanas” (UNASUL): “anistia total ao ex-presidente Manuel Zelaya”, afastado do poder em 28 de julho de 2009, por acusações de crimes comuns e políticos.

Honduras já foi reincorporada ao “Sistema de Integração Centro-Americano” (SICA) e aguarda a reunião da OEA, que ocorrerá amanhã, sexta-feira, dia 30 de julho, quando serão analisados os documentos entregues pelo governo de Porfírio Lobo, atual presidente do país, que, alegadamente, comprovam terem sido cumpridas quase todas as exigências pactuadas para a reintegração hondurenha no Organismo.

De acordo com o Presidente brasileiro, esta é a questão central no momento, uma vez que não reconhece que o contencioso entre venezuelanos e colombianos seja grave, bastando que seja dado tempo e realizadas rodadas de negociação entre os mandatários dos dois países para que se chegue a um resultado satisfatório.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!