LOADING

Type to search

Ministro Nelson Jobim afirma que em maio será tomada a decisão sobre o caça escolhido para Projeto FX-2

Share

O “Ministro da Defesa do Brasil”, Nelson Jobim, afirmou nesta quarta-feira, dia 5 de maio de 2010, que até o final da próxima semana entregará ao presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, o relatório final sobre a escolha do fornecedor que, segundo sua avaliação está de acordo com os interesses brasileiros. Jobim pretende fazê-lo após retorna retornar de sua viagem a Moscou.

Manteve a linha do discurso de que a indicação será feita com base naquilo que dê maior “consistência” ao Brasil, sem esclarecer o significado desta expressão. Anteriormente, o termo usado era aquilo que fosse “estrategicamente” mais adequado ao país, sem perceber que, nesta condição, a concepção teria de levar em conta as determinações das “Forças Armadas Brasileiras”, que não, de acordo com os anúncios divulgados, não se alinhava com a escolha da equipe presidencial, e não a perspectiva exclusivamente “política”, tal qual era adotada a concepção de “estratégia”, equivalendo ambos os conceitos, o que denota falha de concepção.

O governo espera que a decisão seja tomada ainda este mês, cumprindo a determinação do presidente Lula, quando em 15 de janeiro de 2010 afirmou que a escolha do equipamento seria feita ainda neste seu governo, pois ela já havia sido adiada desde o Mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso. Além disso, foi transferida para este seu segundo mandato, pois, em suas palavras, teve de escolher entre “matar a fome, ou comprar caça”.

Analistas têm apontado que, apesar do dilema vivido pelo presidente brasileiro, ele se verá obrigado a fazer a escolha ainda neste ano e tem de faze-lo logo para ter tempo de processar as críticas que virão e recairão sobre a campanha eleitoral de Dilma Roussef, candidata governista à sucessão presidencial brasileira, a ocorrer e na eleição em outubro de 2010.

A hipótese de que evitará deixar a escolha para o próximo governo está sendo levada em consideração para evitar que sejam observadas as falhas na condução do processo de concorrência para a aquisição do equipamento.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.