LOADING

Type to search

Discurso de Ahmadinejad gera mais tensão no Oriente Médio

Share

Diante do crescente isolamento do Irã, o presidente do país, Mahmoud Ahmadinejad, está aumentando o radicalismo dos discursos e buscando articulação de grupos aliados para colocar a situação do Oriente Médio e estado de alerta, ou gerar um conflito armado.

Em recente encontro realizado em Damasco, Síria, o iraniano fez mais declarações acusatórias ao Estado de Israel, afirmando que a instabilidade na região se deve a este país e conclamou o apoio das organizações “anti-sionistas”, caso seja necessária alguma ação.

No encontro estavam presentes os seguintes líderes: Khaled Mechal, o dirigente do “Movimento de Resistência Islâmica” (Hamas), que vive exilado na Síria; Abdullah Shallah, líder da “Jihad Islâmica para a Libertação da Palestina” e Ahmed Jibril, o líder da “Frente Popular para a Libertação da Palestina-Comando Geral”.

Seu discurso se concentrou em afirmações sobre a expulsão dos judeus da palestina, declarando ser a presença de Israel naquele lugar um insulto. O encontro terminou com a proposta de que se realize um plebiscito sobre a destruição deste Estado, como forma de legitimar uma possível guerra de extermínio.

Analistas estão convictos de que, se ocorrer algo do gênero, os israelenses vão usar seus armamentos nucleares. Por essa razão, também acreditam que o Irã está mais próximo de produzir este tipo armamento do que supõe a comunidade internacional.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta