LOADING

Type to search

Durante a da Reunião de Cúpula América do Sul-África, Governos da AL assinaram o ato de constituição do Banco do Sul

Share

Durante a segunda cúpula entre países africanos e sul-americanos (ASA), que ocorreu na Venezuela, durante os dias 26 e 27 de setembro, sete presidentes sul-americanos, dentre eles, Argentina, Bolívia, Brasil, Equador, Paraguai, Uruguai e Venezuela, assinaram o documento de fundação do Banco do Sul, instituição multilateral e continental para o financiamento de projetos de infra-estrutura, agricultura, energia e saúde, tendo por objetivo tornar a região independente financeiramente dos países ricos.

O Banco terá sua sede principal na capital da Venezuela, Caracas, e contará com sub-sedesem Buenos Aires e La Paz.

Durante os três anos de negociações para constituição do Banco, o capital inicial foi elevado de US$ 7 bilhões para US$ 20 bilhões, a ser formado a partir da contribuição de seus membros, em proporções distintas, como afirma o presidente venezuelano Hugo Chávez. Todos terão o mesmo direito de voto na instituição, não importa a extensão territorial, tamanho da população ou da economia.

Em declaração à imprensa, o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, ressaltou as dificuldades que devem ser superadas para a efetiva integração regional e advertiu que não se sabe quanto tempo poderá demorar a ratificação do Banco do Sul no Congresso de cada país signatário da instituição.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!