LOADING

Type to search

Eleitos os novos membros do “Conselho de Segurança da ONU”

Share

A “Assembléia Geral” da “Organização da Nações Unidas” (ONU), elegeu ontem, dia 12 de outubro, os novos cinco países que ocuparão as cadeiras rotativas do “Conselho de Segurança”, para o mandato do biênio de 2011-2012.

Os escolhidos foram Colômbia, Alemanha, Índia, África do Sul e Portugal, que ficou com a quinta vaga, após a retirada do Canadá. O Organismo é composto por 15 membros, sendo que, destes, 5 detém cadeiras permanentes e poder de veto. Os demais dez membros são eleitos periodicamente por categoria regional,  necessitando obter mais de 127 votos dos 192 países participantes.

Apesar de não terem o status e o poder de fato dos “membros permanentes” (EUA; Rússia; República Popular da China; Reino Unido e França) eles detém poderes significativos, uma vez que as exigências para aprovação das resoluções do Conselho necessitam do mínimo de 9 votos e nenhum veto, podendo, assim, participar das estratégias e articulações geopolíticas que influenciam e determinam os rumos da sociedade internacional e as deliberações da ONU.

Analistas concordam que, ao menos inicialmente, as presenças de Colômbia e Alemanha serão fatores positivos para a grandes potências. Acredita-se que mesmo que estejam Índia e África do Sul, isto não significará um posicionamento automático pró-países em desenvolvimento e Portugal não arriscará confrontar as necessidades da Europa, tendendo a se posicionar também ao lado dos grandes.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!