LOADING

Type to search

Share

Ontem, dia 1 de dezembro, passará para a história da União Européia como o dia no qual entrou em vigor o Tratado de Lisboa*, encerrando, por fim, anos de debates, divergências e negociações para uma reforma na UE.

O belga Herman Van Rompuy, em seu primeiro discurso e ato público como presidente do Conselho Europeu, destacou as inovações que serão implementadas na UE devido à entrada em vigor do Tratado, considerando este novo instrumento um verdadeiro renascimento europeu.

Rompuy ressaltou que demorou oito anos para se chegar ao Tratado e é “hora de fechar o capitulo” do “acidentado processo para chegar até aqui”. “É um tratado de oportunidades, um instrumento poderoso“, complementou, ao destacar que “a unidade dá força“.

Durão Barroso declarou à imprensa a importância da unidade dos países europeus, considerando que “os tratados são importantes, mas, por si só, não chegam. Nada substitui a liderança. É preciso liderança, determinação e confiança política“, as quais só são possíveis por meio de “uma cultura européia de decisão”.

O presidente do Executivo comunitário considerou ainda que o Tratado de Lisboa encerra “um ciclo de 20 anos da história da Europa“, constituindo o “símbolo de uma Europa reunificada, livre e democrática“.

* Para mais informações sobre o Tratado de Lisboa acesse o link: http://www.webceiri.com.br/site/index.php?option=com_content&view=article&id=582:politica-internacional-reforma-da-uniao-europeia-esta-proxima-de-ser-iniciada&catid=85:analises-de-conjuntura&Itemid=86

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!