LOADING

Type to search

Espanha apresenta o primeiro laboratório de órgãos bioartificiais com células-tronco do mundo

Share

Os responsáveis do “Hospital Gregorio Marañón”, localizado em Madri (Espanha), apresentaram ontem, dia 2 de novembro, o primeiro laboratório do mundo cujo objetivo é criar órgãos bioartificiais, a partir de células-tronco adultas, para pessoas que necessitam de transplante.

Esta apresentação foi presidida por Rafael Matesanz, Diretor da “Organização Nacional de Transplantes” (ONT), pela ministra de Ciência e Inovação”, Cristina Garmendia, e pela presidente da “Comunidade de Madri”, Esperanza Aguirre, quem ressaltou que esta infra-estrutura resolverá a escassez de órgãos.

Por enquanto, se está trabalhando só com corações e o procedimento consiste em esvaziar os corações e outros órgãos humanos inaptos para transplante de seu conteúdo celular e “recelularizá-los com células-tronco do paciente que possam reconstruir o interior do órgão”, explicou o chefe de “Serviço de Cardiologia” do Centro, Francisco Fernández Avilés, que coordena este projeto.

Uma vez realizado este processo, as estruturas podem manter-se armazenadas durante meses em um Banco de matrizes para que, quando necessárias para um transplante, se consiga semear nelas as células-tronco adultas do receptor necessitado.

Segundo Avilés, o transplante deste tipo de órgãos, que poderá acontecer entre cinco e dez anos, acabaria com dois problemas: (1) um deles é a falta de doadores ou de órgãos idôneos para o transplante e (2) o outro é a rejeição do órgão transplantado por parte o paciente, já que as matrizes são inertes e não possuem nenhuma capacidade de resposta imunológica.

 

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.