LOADING

Type to search

Estados Unidos e Japão reforçando as relações diplomáticas.

Share

Após assumir como primeiro ministro do Japão, Yukio Hatoyama, em seu primeiro encontro, no dia 23 de setembro, com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, debateu o futuro das relações nipo-americanas.

 

Antes da reunião entre os dois lideres, havia preocupação americana acerca das relações entre os dois Estados, devido à campanha de Hatoyama, visando maior aproximação com os países asiáticos e com a China. Para o novo governo japonês, a parceria com os EUA deve ser mais igualitária, quando se tratar de políticas e cooperações em comum.

Durante o encontro, a preocupação norte-americana foi da posição japonesa a respeito das tropas estadunidenses no Afeganistão, pois, se o Japão encerrar sua missão de reabastecimento das tropas comandadas pelos EUA, o governo norte-americano poderá sofrer maior pressão política e econômica sobre esta questão.

Com a recém-estabelecida relação de confiança entre os dois dirigentes, os Estados Unidos pretendem coordenar políticas, juntamente com o governo japonês, para fortalecer a aliança bilateral e também manter a promessa de realinhamento das bases americanas no Japão, acordo este que havia sido afirmado no governo anterior, antes da posse de Hatoyama.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!