LOADING

Type to search

Europa 2020 e a “União da Inovação”

Share

Foi publicada, no dia 6 de Outubro, a Comunicação da “Comissão Européia” sobre a “União de Inovação” (“Innovation Union”), uma das iniciativas previstas na “Europa 2020 – Estratégia para um crescimento inteligente, sustentável e inclusivo”, a qual visa prosseguir as políticas européias para a Investigação e a Inovação.

Segundo a “Comissão Européia”, quando se trata de inovação, há muitas idéias que não chegam a se tornar realidade e se a inovação é uma das linhas estratégicas para desenvolver a competitividade européia, esta realidade tem várias conseqüências negativas, como o declínio deste mercado. De modo a combater a falta de inovação, deseja-se alocar fundos estruturais e remover obstáculos que dificultem o processo de comercialização das idéias.

Além disso, a Comissão afirma que o aumento de investimento em “Inovação e Desenvolvimento” (I&D) pode criar 3,7 milhões de empregos, bem como um aumento de 795 bilhões de euros no PIB europeu, até 2025. A “União da Inovação” pretende estimular as empresas do setor público e do setor privado a reunirem esforços para incentivar a criação de emprego, o crescimento ecológico e o progresso social.

Para 2011, prevê-se a implementação de legislação com objetivo de acelerar e modernizar a adoção de normas que promovam a inovação, assim como a modernização de um regime de propriedade intelectual da Europa.

Em comunicado publicado no site da Comissão, Márie Geoghegan-Quinn salienta que “se não transformarmos a Europa numa ‘União da Inovação’, as nossas economias perderão vigor ao mesmo tempo que se desperdiçam idéias e talentos. A inovação é a chave da construção de um crescimento sustentável e de sociedades mais justas e mais ecológicas”.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.