LOADING

Type to search

Evo Morales libera entrada nos jogos bolivarianos para confrontar vaias recebidas em estádio

Share

O presidente da Bolívia, Evo Morales, recebeu vaias quando foi anunciada a sua entrada para a cerimônia de abertura dos Jogos Bolivarianos, na cidade boliviana de Sucre, no Departamento de Chiquisaca. Vaias também foram emitidas nos momentos em que o alto-falante falava nos nomes de Hugo Chávez, presidente da Venezuela, bem como de sua delegação nos jogos.

 

Morales acabou não realizando o discurso que faria e alegou, juntamente com seus aliados, que isso foi articulado pela oposição, com um grupo de “racistas” que não aceitam a realidade do país. Afirmou ainda que eles responderão nas urnas.

 

No entanto, como resposta imediata a esta situação, o Presidente anunciou decreto ordenando entrada gratuita em instalações dos “Jogos Bolivarianos”, passando por cima de um “acordo de bem social” que havia firmado com a prefeitura de Sucre e a “Liga de Doenças Mentais”, para a qual seriam destinadas 20% da renda produzida pela venda de ingressos.

 

Sabe-se que o Morales tem maioria na tendência eleitoral para as eleições de 6 de dezembro, contudo, analistas apontam que o país permanecerá dividido, apesar do avanço que ele poderá conseguir, pois também se acredita que o MAS (Movimento al Socialismo / Movimento para o Socialismo), partido de Morales, possa ganhar a maioria no Legislativo, o que lhe dará pleno controle político sobre o país.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!