LOADING

Type to search

Falta de consenso entre governo e manifestantes resultam em mais de 30 mortos na Tailândia

Share

Desde que o governo da Tailândia deu uma ordem para que os militares isolassem os milhares de manifestantes em Bangkok se iniciou um conflito com elevado numero de mortos e feridos.

 

Com três dias de conflitos, desde a ordem do governo, foram confirmadas 33 mortes e mais de 230 feridos, tanto militares como manifestantes. Os confrontos abrangem a região central da capital tailandesa. Por causa deles, já houve fechamento de embaixadas e prejuízos a economia do país, pois a instabilidade política no qual vive tem afastado novos investimentos.

Os manifestantes exigem a demissão do atual primeiro ministro, Abhisit Vejjajiva, que em tentativa de negociação com os manifestantes decidiu antecipar novas eleições no país, mas o novo calendário eleitoral ainda não foi definido. Esta indecisão mantém os manifestantes presentes na capital até que sejam apresentadas as propostas do governo para por fim as manifestações.

O país está em “estado de emergência”. Com pouco mais de dois meses de manifestações, o governo local ainda não conseguiu apresentar iniciativas eficazes para resolver a situação e devolver a estabilidade política e econômica à Tailândia.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!