LOADING

Type to search

França, Alemanha e Rússia discutem sistema integrado de defesa europeu

Share

O presidente da França, Nicolas Sarkozy; a chanceler alemã, Angela Merkel e o presidente da Rússia, Dimitri Medvedev, estão em reunião desde ontem, dia 18 de outubro, até hoje, dia 19, no balneário francês de Deauville, no noroeste francês, para tratar da segurança na Europa e definir parâmetros de aproximação entre a Rússia e os europeus.

Para Medvedev, a questão principal será a constituição de um “tratado europeu de segurança” com a participação russa (questão também essencial para Sarkozy), além de pedir a supressão dos vistos para os russos entrarem na “União Européia”  

Para Merkel, o encontro “tem como principal objetivo reforçar as bases de confiança com a Rússia”. A questão central é o reforço das formas de aproximação neste momento em que os russos decidiram adotar postura pró-ativa em relação à recuperação de seu papel perante o sistema internacional.

O ponto problemático dizia respeito à construção de um sistema anti-mísseis norte-americano e europeu a ser instalado na Polônia e República Tcheka, o qual é considerado pela Rússia como atentatório à sua segurança nacional e um resquício da antiga divisão européia entre a “Organização do Tratado Atlântico Norte” (OTAN)  e o “Pacto de Varsóvia” do “Bloco Soviético”.

O presidente francês reforçou que o escudo pode ser mantido, pois ele se destina a proteger a Europa das ameaças iranianas, que também afetam os interesses russos. Ou seja, a proposta é integrar a Rússia ao sistema, ao invés de torná-la a inimiga e alvo. As declarações foram completadas afirmando que os europeus podem e devem discutir suas necessidades de defesa com autonomia, mas que a presença dos EUA deve ser considerada, devido a sua importância.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.