LOADING

Type to search

Funcionários públicos na Espanha iniciam greve em protesto aos cortes salariais

Share

A função pública da Espanha iniciou ontem, dia 8 de junho, uma greve em protesto contra o corte de 5% dos salários dos funcionários do Estado.

Remy Rio Martinez, secretário-geral da “Federação dos Funcionários Públicos do Sindicato União Geral de Trabalhadores (UGT)”, declarou à imprensa que “nunca se tinha produzido uma agressão destas características. Sempre houve, no pior dos casos, um congelamento dos salários, inclusivamente, com os governos mais conservadores. Isto é um ataque frontal contra as relações laborais em nosso país”.

De acordo com o comunicado oficial do “Banco Mundial” (BM), as medidas apresentadas afetam, aproximadamente, 526 mil trabalhadores da administração central; mais de um milhão das administrações regionais e mais de 660 das administrações locais.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!