LOADING

Type to search

Governo brasileiro cria grupo interministerial para definir estratégia de longo prazo com chineses

Share

Por ordem direta da presidente Dilma Rousseff, o governo brasileiro anunciou a criação do “Grupo China”, reunindo técnicos do “Ministério das Relações Exteriores” e do “Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior” (MDIC).

Segundo o secretário executivo do MDIC, Alessandro Teixeira, esta é “a primeira vez, que o governo cria um grupo interministerial com a função de estudar a relação comercial com um determinado país”.

Teixeira destacou que o mercado chinês representa um desafio em termos de parceria e na busca de nichos para exportação. Para ele, a situação chinesa demanda estratégias inovadoras de inserção comercial. “A China hoje é um fator diferente. Porque ela produz qualquer produto com a metade do custo da média mundial. Então isso é um problema para o Brasil e também para os outros países. Haverá setores que vão perder competitividade e podem ter problemas. É o caso de brinquedos, têxtil e vestuário. Só vamos conseguir ganhar mercado se nos especializarmos em nichos”, ressaltou o Secretário-Executivo citado pela “Agência Brasil“.

O comércio Brasil-China fechou 2010 com US$ 56,3 bilhões, um crescimento de US$ 20 bilhões sobre o resultado alcançado em 2009. Cerca de 68% das exportações brasileiras para a China estão concentradas em minério de ferro e soja, já os chineses exportam para o Brasil principalmente produtos de alta tecnologia, sendo 30% eletroeletrônicos, em especial componentes de informática e telefonia.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.