LOADING

Type to search

Share

O governo indiano está solicitando às grandes empresas de tecnologia, internet e telefonia que elaborem meios para que ele possa acessar dados de internet. Segundo informações governamentais, o temor na falta deste controle é o uso e a distribuição de dados sigilosos por militares.

As autoridades indianas já solicitaram a Google e ao Skype que configurem seus servidores para permitir tal acesso e também foi solicitado a “Reserach In Motion”, fabricante do BlackBerry, que apresente meios de se recuperar dados que podem ser disseminados na internet por meio do aparelho.

Sistemas como o do BlackBerry, permitem aos seus usuários que os dados sejam protegidos de forma garantida, pois não existe uma “senha mestra” para “destravar” os aparelhos por terceiros, garantindo-lhes acesso a esses dados.

O secretário geral indiano, G. K. Pillai, disse que já fez o pedido a Google e ao Skype e a empresa fabricante do BlackBerry já informou que repassará ao governo dados sigilosos da empresa para esta prevenção. As autoridades indianas informaram que estas medidas são adotadas por outros países e a Índia não ficará “desprotegida”.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!