LOADING

Type to search

Líderes empresariais da União Européia sentem-se aliviados com a afirmação de que a China promete um tratamento “nacional” para as empresas estrangeiras

Share

O Premiê chinês, Wen Jiabao, se comprometeu em dar às empresas estrangeiras um “tratamento de empresas locais”, para o alívio dos líderes empresariais da União Européia (UE), que tinham manifestado crescente preocupação com o clima de negócios na China.

De acordo com o Premiê chinês, o governo de seu país irá “proporcionar condições favoráveis” para as empresas estrangeiras na China, que irá desfrutar de “tratamento nacional de acordo com as leis chinesas“.

No mundo dos negócios estrangeiros vinha crescendo uma inquietação com relação a acusações de que Pequim está cada vez mais protecionista, favorecendo as empresas locais de tecnologia nos contratos públicos e supostamente passando informações comerciais estratégicas de empresas estrangeiras aos concorrentes nacionais.

Esperamos que essas garantias sejam traduzidas em ações concretas que irão criar um ambiente de mercado mais aberto e competitivo“, afirmou Joerg Wuttke, Presidente das “Câmaras de Comércio da União Européia na China”.

Os sinais provenientes de legisladores chineses têm sido encorajadores, de acordo com Wuttke, que acrescentou que a economia da China precisa urgentemente de mudança para um modelo mais sustentável, impulsionado pela procura interna.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!