LOADING

Type to search

Marinheiros indianos foram atacados por piratas somalis

Share

O “Ministério dos Transportes Marítimos da Índia” emitiu alerta à Marinha Indiana sobre a captura de oito navios. De acordo com a rede de televisão Indiana CNN-IBN, esses navios dirigiam-se para Dubai e, após ancorar em um “Porto de Kismayo”, na Somália, foram interceptados por piratas somalis.

Estima-se que mais de 100 marinheiros indianos estavam abordo e, até o momento, todos estão desaparecidos. O dono da empresa dos navios mercantes desaparecidos, Kassam Ali, afirmou não saber o local onde os navios foram capturados. Segundo Ali, o alerta foi dado por um dos navios interceptados, mas, desde então, “não houve mais contato com os membros da tripulação“.

As autoridades indianas estão investigando o paradeiro dos navios e da tripulação dos navios mercantes desaparecidos. Porém, as investigações estão complicadas, pois, até o momento, não houve um pedido de resgate por parte dos piratas.

Em outro incidente, a “guarda costeira” de Seychellis* emitiu um comunicado à Marinha da Índia informando que o navio Topaz – embarcação da guarda costeira Indiana – “dirigia-se para Mahé** depois de uma operação bem sucedida de libertação de seis reféns nacionais e 21 iranianos de uma embarcação pirata” até que por “cerca das 04:00 um barco-mãe e dois esquifes piratas se aproximaram e abriram fogo“.

—————————————————————————————————————————————-

* País constituído por vários arquipélagos, localizados ao norte e ao nordeste de Madagascar

** Mahé é a maior ilha das Seychellis, localizada no nordeste do país.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!