LOADING

Type to search

MERCOSUL e “União Européia” (UE) acenam para acordos entre os Blocos ainda este ano

Share

Ontem, dia 4 de maio de 2010, a vice-presidente da Espanha, María Teresa Fenández de la Vega, afirmou que até o final do deste ano, 2010, o “União Européia” (UE) e o Mercosul firmarão acordos comercias entre os dois Blocos.

As negociações para a criação de uma “Área de Livre Comércio” entre ambos os Blocos estiveram em discussão ao longo de quase uma década, estando estagnada nos últimos cinco anos devido a problemas principalmente no setor agropecuário com a recusa dos europeus de retirar os subsídios que são dados aos pequenos produtores agrícolas, da mesma a forma que há barreiras com relação à exportação da carne sul-americana para a Europa.

A questão, contudo não se restringe às dificuldades impostas pelos europeus. Durante certo tempo houve reclamação vinda da Europa em relação ao protecionismo existente no MERCOSUL, em especial ao protecionismo argentino, que era visto pela Europa como o principal empecilho para a realização dos acordos.

A Argentina foi acusada de ser responsável por criar barreiras aos produtos industrializados e foram exemplificados os casos envolvendo o Brasil, onde havia barreiras não tarifárias. Além disso, também foram citadas as negociações entre argentinos e chineses, que poderiam quebrar as regras do MERCOSUL e inviabilizar os acordos entre os Blocos.

Os indícios de que serão firmados os tratados são fortes, pelos interesses europeus em solidificar as ações na América Latina consolidando um mercado significativo, uma vez que também estão sendo firmados com a comunidade caribenha e centro-americana. Ademais, há a questão interna brasileira, onde as batalhas eleitorais que se avizinham certamente levarão o atual governo do país a acelerar o Acordo entre os Blocos para confrontar uma possível proposta do candidato presidencial da oposição, José Serra (PSDB), de querer rever o Acordo do MERCOSUL, que considera desvantajoso e contraproducente, e dar ênfase aos “Tratados de Livre Comércio” (TLC), tal qual foi anunciado por ele. Será, atualmente, está na frente na corrida eleitoral.  

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.