LOADING

Type to search

Micheletti foi impedido de entrar na Nicarágua e o presidente da “Internacional Liberal” foi expulso do país

Share

O Ex-Presidente da Nicarágua, Roberto Micheletti, foi impedido de participar de um Ato da “Internacional Liberal”, a ser realizado neste país no dia 21 de março de 2010. Este Organismo reúne partidos políticos, organizações, instituições sociais liberais e pessoas por todo o mundo com o objetivo de divulgar, defender e trabalhar pela democracia liberal e pelos direitos.

Foi fundado em 1947 e, atualmente, tem como presidente, o holandês Hans Van Baalen e, vice-presidente, Roberto Micheletti, que recebeu o cargo em novembro de 2009, em homenagem a sua alegada coragem na defesa da democracia e do liberalismo em seu país.

Dentre os objetivos, pretendia-se neste Ato defender a união dos liberais na Nicarágua, para enfrentar as eleições no país, unidos e fortalecidos, contra Daniel Ortega. Por esta razão, o mandatário nicaragüense expulsou Van Baalen, que já estava no território para reuniões

Com relação à recusa de visto para o hondurenho as razões são outras. Ortega é um dos líderes que se recusa a aceitar o governo de Porfírio Lobo e considera Micheletti responsável por um “golpe de estado”, ademais ele representa a resistência contra o bolivarianismo na região, trazendo temor ao nicaragüense, pois poderá estimular os liberais do país contra o seu governo, ainda mais com as declarações do presidente da Internacional que afirmou não ser democrático uma alteração na legislação para permitir outra reeleição de Daniel Ortega.

—————————————————————————————————————————————-

* Para maiores informações sobre a Internacional, acesse o link: http://www.liberal-international.org/

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.