LOADING

Type to search

Nacionalistas conservadores ganham as eleições do “Parlamento da Catalunha”

Share

Os eleitores da Catalunha derrubaram o “Partido Socialista” e garantiram maioria dos nacionalistas conservadores nas eleições regionais ocorridas ontem, 28 de novembro.

De acordo com as informações da sondagem realizada pela televisão catalã “TV3”, o conservador “Partido Convergência e União” (CiU, sigla em catalão) ganhou as eleições do “Parlamento da Catalunha” e ficou próximo de ter a maioria absoluta.

Artur Mas (CiU) será o próximo presidente do Governo da Catalunha, sendo que a CiU vai alcançar entre 63 e 66 deputados, contra 24 ou 27 do “Partido Socialista da Catalunha” (PSC), que computou o seu pior resultado na história das eleições autônomas.

Este resultado representa uma resposta contra o “Partido Socialista”, do primeiro-ministro José Luis Rodríguez Zapatero, por causa dos problemas na economia do país.

A “Esquerda Republicana da Catalunha” (ERC) perdeu quase metade dos seus assentos, voltando ao número de deputados de 1999: passou de 21 para 11, ou 13 deputados.

A novidade é o “Partido Solidariedade Catalã pela Independência” (SI), do ex-presidente do “FC Barcelona”, Joan Laporta, que conseguiu entrar para a Câmara e terá 3, ou 4 lugares.

A participação do eleitorado foi superior ao das últimas eleições catalãs, registrando 61%,  ou seja, 5% a mais que em 2006.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.