LOADING

Type to search

Nova doação do BID ao Haiti

Share

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) fez uma doação adicional de 30 milhões de dólares ao Haiti, para a prevenção de inundações e promover o desenvolvimento da agricultura sustentável. Segundo um comunicado do BID, este montante representa a contribuição do organismo para a realização de obras públicas, que serão executadas em uma área equivalente a 6% do país.

 

Na opinião de Gilles Damais, gerente de projeto do BID, os projetos financiados têm por objetivo reduzir em mais de 20% a intensidade das inundações nas regiões beneficiadas, além de reduzir as ameaças constantes de desastres naturais.

É importante ressaltar que as doações não têm um impacto duradouro no desenvolvimento, mas, fortalece a assistência. Acrescente-se que, com elas, apesar de o BID anular grande parte da dívida do Haiti, este se torna inelegível para captação de empréstimos nesta instituição e em diversas organizações financeiras internacionais.

Com acesso limitado ao crédito, diversos especialistas afirmam que os dirigentes haitianos devem realizar uma melhor gestão dos recursos recebidos para obter acesso a maiores fundos, para financiar o desenvolvimento.

 

ORIGINAL

POLÍTICA INTERNACIONAL: Nueva donación del BID en Haití

El Banco Interamericano de Desarrollo (BID) hace una nueva donación de 30 millones de dólares. Este monto busca prevenir las inundaciones  y promover el desarrollo de una agricultura sostenible. Según un comunicado del BID, esta monto constituye la contribución del BID a la constitución de obras publicas que deben realizarse en un área de 6% del territorio nacional.

En la opinión de Gilles Damais, Jefe de Proyecto à la BID, las obras financiadas tienen como metas reducir en mas de 20%  la intensidad de las inundaciones en las regiones donde se van a desarrollar estos proyectos, así como limitar las amenazas constantes de desastres naturales.

Esta institución  anula buena parte de la deuda del  país y  en este sentido no es elegible a los créditos del BID y de varias otras instituciones. Es importante soslayar que las donaciones no tienen ningún impacto duradero sobre el desarrollo, fortalece una asistencia activa. En opinión de varias personas, los dirigentes haitianos deben hacer muestras de una mejor gestión para tener acceso a mayores fondos que pueden  financiar el desarrollo.

Tags:
Jean Garry - Porto Príncipe (Haiti)

De nacionalidade haitiana, é formado em Marketing pela Universidad Interamericana de Santo Domingo, possui Pós-Graduação em Gestão de Projetos Sociais pela Universidad Autónoma de Santo Domingo e Mestrado em Economia pela Universidad Internacional de Andalucía (Espanha). É graduado no Curso de Gerenciamento Social do Instituto de Desenvolvimento Social (INDES) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em Washington, e do curso Gestão Estratégica do Desenvolvimento Social e Regional da Comissão Econômica para América Latina (CEPAL) em Santiago do Chile. Tem experiência como Gerente de Marketing em diversas empresas privadas e trabalhou como consultor em Desenvolvimento Comunitário do Ministério de Obras Públicas do Haiti e em diversos projetos de desenvolvimento.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!