LOADING

Type to search

OAB/MS e Amansul declaram-se a favoráveis à solicitação de refúgio de Juiz boliviano no Brasil

Share

A “Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Mato Grosso do Sul” (OAB/MS) e a “Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul” (Amamsul) apresentaram Parecer favorável ao Juiz boliviano, Luiz Hernando Tapia Pachi, acerca da solicitação de refúgio no Brasil e divulgaram Manifesto na mídia.

De acordo com a declaração das duas entidades apresentada à imprensa, chegou-se à conclusão de serem procedentes as solicitações, depois realizarem investigações com documentos oficiais, jornais e ouvir o Juiz da “8ª cautelar de Santa Cruz de La Sierra”.

Tapia fugiu da Bolívia sob perseguição e ameaça de morte, além das ameaças de sequestros aos membros de sua família, tendo sido decretado o afastamento do cargo e prisão administrative, sob a alegação de descumprimento de uma ordem do poder Executivo do país.

O Juiz se recusou a transferir a jurisdição do processo sobre a morte de três pessoas que eram acusadas planejar a morte do presidente Evo Morales. Segundo anunciado, pós ele realizar pesquisas, descobriu que o complô não era real e que os acusados não estavam envolvidos em qualquer questão ligada a isso.

Especialistas afirmam que houve perseguição política, ou erro de Inteligência do Executivo, e tentou-se apagar as falhas, resultando na atual perseguição ao Juiz que se recusou a ceder à pressão poítica, sob a reivindicação da autonomia do Judiciário. O Juiz Tapia está esperando decisão do “Comitê de Refugiados e do Ministério da Justiça do Brasil”.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!