LOADING

Type to search

Obama começa a receber contraposição de membros do Partido Democrata

Share

Parlamentares do “Partido Democrata” declararam ontem, quinta-feira, dia 9 de dezembro, que vão se opor ao acordo feito pelo presidente dos EUA, Barack Obama, com os líderes do “Partido Republicano” sobre a prorrogação dos cortes de impostos. A presidente da “Câmara de Representantes”, Nancy Pelosi, anunciou que vai trabalhar contra a aprovação do plano.

Analistas consideram que o medida dará impulso à economia do país, pois garantirá geração de emprego e aumentará o consumo, o que é o fator determinante para a dinâmica da economia norte-americana e essencial para o equilíbrio da economia internacional.

Isso seria Possível porque, juntamente com prorrogação dos cortes de impostos sobre renda individuais por mais dois anos, serão estendidos os benefícios para desempregados e feito um corte de impostos sobre salários. Os democratas temem que estes novos cortes de tributos vão gerar maior déficit orçamentário ao governo, por isso desejam evitar que ocorra.

Da perspectiva de Obama, a questão está em buscar um equilíbrio para garantir apoio de seu partido e não permitir que o “Partido Republicano” impeça que  execute seus projetos e o leve a uma derrota nas próximas eleições presidenciais, agora que detém maioria no “Câmara de Representantes” e aumentou sua representação no Senado.

Já era esperado que o segmento mais “liberal” do “Partido Democrata” (nos EUA, são tidos como “esquerda”) se  opusesse e começasse a confrontá-lo. Por essa razão, Obama está acertando reuniões com Bill Clinton, ex-presidente do país (1993-2000), que viveu situação semelhante a sua, para tentar equacionar o problema e traçar uma estratégia adequada.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!