LOADING

Type to search

Oposição haitiana critica as declarações de Insulza

Share

A oposição haitiana desaprovou as declarações do “Secretário-Geral da Organização dos Estados Americanos” (OEA) sobre a credibilidade do “Tribunal Eleitoral”. Os chefes de algumas formações políticas estimaram que o Secretário-Geral se fez cúmplice de uma instituição desacreditada.

Um ex-senador da “Organização do Povo em Luta” qualificou como uma antecipação o apoio de Insulza ao “Tribunal Eleitoral”, argumentando que o próprio Insulza não pode dar nenhuma garantia sobre a imparcialidade dos juízes eleitorais. Acrescentou ainda que a OEA não pode verificar a apuração do registro eleitoral depois de mais de 300 mil mortos e mais de 1 milhões de deslocados.

Por sua vez, o pastor Chavannes Jeunes, candidato à Presidência, lamentou a recusa do Secretário-Geral em se encontrar com os líderes da Oposição. O candidato afirma que o diplomata chileno não quer perceber uma realidade que é contrária às posições estereotipadas dos atores da comunidade internacional.

ORIGINAL

POLÍTICA INTERNACIONAL – La oposición haitiana critica las declaraciones de Insulza

La oposición haitiana condena las declaraciones del Secretario General de la Organización de los Estados Americanos (OEA) sobre la credibilidad del Tribunal Electoral. Los jefes de algunas formaciones políticas han estimado que el Secretario General se ha hecho cómplice de una institución desacreditada.

El ex senador de la organización del pueblo en lucha califica como una anticipación el soporte  de Insulza al tribunal electoral argumentando que el propio Insulza no puede dar ninguna garantía sobre la imparcialidad de los jueces electorales. Agregó que la  OEA no puede verificar la depuración del registro electoral después de más de 300 mil muertos y más de 1 millones de desplazados.

Por su parte el pastor Chavannes Jeunes, candidato a la presidencia ha deplorado la negación del Secretario General de encontrar los líderes de la oposición. El  candidato afirma  que el diplomático chileno no ha querido darse cuenta de una realidad que es contraria a las posiciones estereotipadas de los actores de la comunidad internacional.

Tags:
Jean Garry - Porto Príncipe (Haiti)

De nacionalidade haitiana, é formado em Marketing pela Universidad Interamericana de Santo Domingo, possui Pós-Graduação em Gestão de Projetos Sociais pela Universidad Autónoma de Santo Domingo e Mestrado em Economia pela Universidad Internacional de Andalucía (Espanha). É graduado no Curso de Gerenciamento Social do Instituto de Desenvolvimento Social (INDES) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em Washington, e do curso Gestão Estratégica do Desenvolvimento Social e Regional da Comissão Econômica para América Latina (CEPAL) em Santiago do Chile. Tem experiência como Gerente de Marketing em diversas empresas privadas e trabalhou como consultor em Desenvolvimento Comunitário do Ministério de Obras Públicas do Haiti e em diversos projetos de desenvolvimento.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!