LOADING

Type to search

Para Senadora, governo boliviano busca fortalecer seu poder político em Pando com a expulsão da USAID

Share

Prefeitos do departamento de Pando, Estado integrante da Amazônia boliviana, decidiram banir de seu território as organizações vinculadas à “Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional” (USAID), que acusam de se inserir em assuntos políticos na região por meio do que alegam ser ações “desestabilizadoras“.

A “Associação de Municípios de Pando” (AMDEPANDO) anunciou em nota que seus integrantes aprovaram “soberanamente expulsar todas as ONGs, empresas, agências e projetos financiados pelo governo dos Estados Unidos através da USAID“.

O comunicado informa também que qualquer ONG boliviana ou estrangeira que queira atuar em Pando precisará do aval dos municípios, a maioria deles governados por prefeitos do mesmo partido do presidente Evo Morales, o “Movimento Al Socialismo” (MAS).

Contra este a movimento, a senadora boliviana da “Convergência Nacional”, Carmen Gonzáles, declarou à imprensa que a expulsão da USAIDprejudicará a região pela perda de recursos econômicos e apoio técnico em diferentes áreas”.

O Governo deveria trabalhar de forma coordenada com estas organizações que colaboram ao desenvolvimento do país e não tratar de evitar esta ajuda, de um país que brinda a maior parte de cooperação internacional”, completou a Gonzáles.

Gonzáles declarou ainda que o governo boliviano pretende se empoderar de Pando, pois é uma região estratégica não controlada, há muitos recursos hídricos e riqueza da biodiversidade. Além disso, é uma região fronteiriça com o Peru e o Brasil, onde existe fluxo comercial.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!