LOADING

Type to search

Piñera assume Presidência do Chile com a missão de reconstruir o país e garantir a unidade nacional

Share

O presidente eleito do Chile, Sebastián Piñera, recebeu, ontem, dia 11 de março de 2010, a faixa Presidencial. Assumiu o cargo de presidencial com a difícil missão de garantir a unidade nacional e reconstruir o país, abalado pelo quinto maior terremoto da História (8.8 da Escala Richter). Isto num momento em que, embora tenha vencido o pleito eleitoral, a Presidente anterior detinha um dos maiores índices de aprovação da história, com 84%, significando que haverá uma liderança excepcional na oposição.

Deve-se ressaltar, contudo, que a necessidade de união não decorre de problemas acerca de uma situação política e/ou social. Mesmo que ainda existam feridas do período em que Augusto Pinochet governou o Chile, Piñera tem o trunfo de ter votado contra a sua continuidade no poder, bem como defendido a redemocratização do país, sem que, para isso, agredisse a instituição militar.

É algo que lhe permite ter boa aceitação entre as Forças Armadas e também receber apoio de significativo segmento civil da população. Ademais, devido a este histórico, ele pode afirmar que é um conservador e também democrata, unindo pontos em um país de séria tradição católica e ainda tem alguns traumas do recente período sob regime autoritário.

O problema maior está no fato de a oposição ter a metade do Congresso chileno e a Presidência do Senado. Por estas razões, a dificuldade estará nas negociações para implantar o seu planejamento de maior incentivo à iniciativa privada, com o intuito de dar maior dinamismo à economia. Para complicar este cenário ele será obrigado a rever os planos e projetos orçamentários, diante das atuais prioridades que apareceram com os abalos sísmicos sofridos pelo país.

A comoção nacional decorrente da catástrofe está sendo usada como fator de união, mas o prazo para isto ser usado é curto e dependerá da eficácia na adoção de propostas adequadas ao soerguimento do país.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!