LOADING

Type to search

Produtores agrícolas suspenderão o abastecimento por uma semana na Argentina

Share

Os produtores agropecuários argentinos suspenderão o abastecimento no país por uma semana, iniciando a paralisação da comercialização de grãos e carnes na sexta-feira, dia 28 de agosto, como forma de protesto contra a política governamental, que impõe alíquotas sobre as exportações.

 

A decisão dos produtores foi tomada após qualificarem como intolerável o veto parcial, feito nesta semana pela presidente Cristina Kirchner, a uma lei de emergência agropecuária, a qual deveria suspender os tributos às exportações em zonas vulneráveis afetadas pela seca.

A concretização do protesto reflete o crescente descontentamento com as políticas governamentais na Argentina, que tem gerado graves conflitos. As manifestações estão sendo demonstradas cada vez com mais intensidade.

Os jornais relembram constantemente a situação do ano de 2008, quando a Argentina sofreu um forte desabastecimento nas grandes cidades, também gerado pelos protestos dos produtores que cessaram a comercialização de grãos e carnes no país.

A medida não afeta apenas o abastecimento interno, mas também agrava o desempenho das exportações. Desta forma, o governo deve negociar e retroceder em suas medidas para que a situação política, econômica e social não se agrave ainda mais na Argentina.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!