LOADING

Type to search

Rússia instala mísseis S-300 na Abkházia, com o objetivo de defesa

Share

O governo russo decidiu instalar mísseis de defesa antiaérea S-300 na Abkházia, região separatista da Geórgia. A iniciativa está sendo criticada pelo governo georgiano devido ao fato de a decisão ter sido tomada no aniversário de dois anos da Guerra entre Rússia e Geórgia, quando os russos apoiaram as repúblicas separatistas autônomas da “Ossétia do Sul” e da Abhkázia, local para onde foram destinados estes artefatos militares.

Segundo o general Alexandre Zelin, Comandante da “Força Aérea Russa”, a Bateria “defenderá somente a infra-estrutura no território da Abkházia, cuja independência, bem como da separatista Ossétia do Sul, foi reconhecida pela Rússia em agosto de 2008. As tarefas de defesa das infra-estruturas da Ossétia do Sul serão conduzidas por sistemas anti- aéreos das tropas do Exército russo”.

Acrescentou que o objetivo é “impedir a violação das fronteiras do Estado e do espaço aéreo e derrubar qualquer aparato que entre nessa área, independentemente da sua missão”. Além disso, anunciou ainda que serão destinados meios de defesa também para a “Ossétia do Sul”.

O governo georgiano solicitou uma medida da “Organização do Tratado do Atlântico Norte” (OTAN), que, até o momento, não se pronunciou. Analistas acreditam que não haverá manifestação por parte da “Aliança Atlântica”, uma vez que esta reatou recentemente as relações com Moscou e os russos estão em processo de negociação e aproximação com os EUA e a Europa.

Ademais, a iniciativa russa não visa agressão mas a defesa dos territórios que entraram em conflito com a Georgia no início da década dos 90 e ganharam autonomia, mas não reconhecimento internacional, exceto pela Rússia que vive o problema de ter em sua fronteira uma contraposição que interfere na sua “Segurança Nacional” e afeta seus gigantescos investimentos em Gás e Petróleo na região do Mar Cáspio.

Pela Geórgia passam, aproximadamente, 249 km da rota do “Oleoduto Baku-Tíflis-Ceyhan” (BTC), que transporta petróleo desta região, a partir de Baku (no Azerbaijão), para os mercados da Europa e EUA. São 1770 km por onde são bobardeados, aproximadamente, 1 milhão de Barris até Yumurtalik (na Turquia), de onde é transportado em petroleiros para a Europa e EUA. O BTC custou US$3 bilhões e 30% pertencem a “British Petroleum”.

Dos 249 km que passam pela Geórgia, 55 atravessam a Ossétia do Sul. O BTC é a alternativa para os países europeus e para América terem acesso a este óleo sem passar pela Rússia, mas isto afeta a economia dos russos, razão pela qual não podem permitir que haja projeção de poder em suas fronteiras e investimentos em Estados que destruam os projetos do governo russo de estabelecer parceria com Ocidente, para modernização de sua economia, ao invés de confrontos.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!