LOADING

Type to search

Senado Argentino aprova a prorrogação dos “superpoderes”

Share

O Senado Argentino aprovou ontem, 20 de agosto, a prorrogação por um ano do projeto que dá a presidente Cristina Kirchner o direito de editar leis sem passar pelo crivo do Poder Legislativo, dentre elas as leis relacionadas ao Código Aduaneiro, permitindo ao Poder Executivo impor alíquotas sobre exportações de grãos. Este é um dos pontos mais conflituosos do governo com o setor agropecuário.

 

A chamada “lei superpoderes” foi aprovada pelo Senado com 38 votos positivos, contra 24 votos negativos da oposição. Após a votação o senador Juan Carlos Marino (UCR), que votou contra a lei aprovada, desabafou afirmando que “Continuamos premiando a ineficiência, em vez de incentivar a produção”.

Enquanto os senadores realizavam a votação, os produtores agropecuários realizaram manifestações contra a medida, como já haviam anunciado que fariam. Após o resultado, os produtores continuaram com as manifestações, chegando a entrar em choque com a polícia local.

Desta forma, o governo de Cristina Kirchner, deverá enfrentar novos conflitos com os ruralistas, principalmente se eles cumprirem a ameaça realizada de parar com a produção, desabastecendo o mercado Argentino.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.