LOADING

Type to search

UE adotará sanções contra Honduras

Share

O afastamento de Zelaya (ex-presidente de Honduras) do poder recebeu uma condenação firme de todos os setores ideológicos da comunidade internacional. Neste sentido, os ministros das Relações Exteriores da União Européia (UE) advertira, hoje, a Honduras  de que preparam mais medidas restritivas para o país, se o governo atual de Roberto Micheletti não aceitar uma solução negociada para a crise política.

 

Os ministros aprovaram um texto, sem debate, durante um Conselho que celebramem Bruxelas. A UE está preparada para tomar novas medidas restritivas que serão direcionadas aos membros do atual governo, que parecem estar bloqueando os progresso para chegar a uma solução negociada, baseada no Acordo de San José (Costa Rica).

A UE reafirmou seu apoio a este Acordo apresentado pelo presidente costarriquenho, Oscar Arias, visando uma solução pacífica para o conflito. Por outra parte, [os europeus] acertaram suspender as negociações para um Acordo de Associação com a América Central, com a esperança de retomá-las o mais rápido possível.

 

ORIGINAL

POLÍTICA INTERNACIONAL: UE tomara sanciones en contra de Honduras

El derrocamiento de Zelaya al poder recibió un rechazo firme de todos los sectores ideológicos   de la comunidad internacional. En este sentido los ministros de Exteriores de la Unión Europea (UE) han advertido hoy a Honduras de que prepararán más “medidas restrictivas” hacia ese país si el Gobierno de facto de Roberto Micheletti no acepta una solución negociada a la crisis política.

Los Ministros aprobaron un texto sin debate durante un consejo que celebran en Bruselas. La UE estará preparada para tomar nuevas medidas restrictivas que estén dirigidas a aquellos miembros del Gobierno de facto que parecen estar bloqueando los progresos para llegar a una solución negociada basada en el Acuerdo de San José.

La UE ha reafirmado  su apoyo al acuerdo de San José presentado por el Presidente  Oscar Arias, para lograr una solución pacifica al conflicto.  Por otra parte, acordó suspender las negociaciones para un acuerdo de asociación con Centroamérica, con la esperanza de retomarlas lo antes posible.

Tags:
Jean Garry - Porto Príncipe (Haiti)

De nacionalidade haitiana, é formado em Marketing pela Universidad Interamericana de Santo Domingo, possui Pós-Graduação em Gestão de Projetos Sociais pela Universidad Autónoma de Santo Domingo e Mestrado em Economia pela Universidad Internacional de Andalucía (Espanha). É graduado no Curso de Gerenciamento Social do Instituto de Desenvolvimento Social (INDES) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em Washington, e do curso Gestão Estratégica do Desenvolvimento Social e Regional da Comissão Econômica para América Latina (CEPAL) em Santiago do Chile. Tem experiência como Gerente de Marketing em diversas empresas privadas e trabalhou como consultor em Desenvolvimento Comunitário do Ministério de Obras Públicas do Haiti e em diversos projetos de desenvolvimento.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.