LOADING

Type to search

União Européia busca intensificar relações com a China

Share

O “Presidente da Comissão Européia”, Durão Barroso, declarou nesta última sexta-feira, dia 30 de abril, em Pequim, após uma reunião com o primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, que está confiante que os gregos conseguirão conter a crise econômica, graças ao apoio da “União Européia” (UE) e do “Fundo Monetário Internacional” (FMI).

Com a “União Européia” (UE) assombrada pela crise na Grécia, o “Presidente da Comissão Européia” foi a Pequim buscando intensificar as relações na região do Pacífico, aproveitado que a UE continua a ser a maior parceira comercial da China.

Uma das medidas a ser adotada pelos europeus para voltarem a se estabilizar economicamente é obter consumidores para seus bens e serviços. Com o poder de compra da população chinesa crescendo rapidamente, estima-se que 300 milhões de cidadãos façam hoje parte da classe média na China – o que dá ao país “um potencial de consumo muito interessante”, conforme afirmou Pedro Jordão, do “Centro de Estudos Internacionais de Aveiro”.

A questão da estabilidade monetária não foi esquecida, uma vez que a China é acusada de manter o valor de sua moeda, o yuan, baixo, tornando as suas exportações mais competitivas. Contudo, ainda de acordo Durão Barroso, a “China não funciona com pressões e por esse motivo há que definir um caminho alternativo para discutir o tema”.

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!