LOADING

Type to search

Venezuela está investindo em Cooperativa na cidade Cotiporã, interior do Rio Grande do Sul

Share

O governo da Venezuela está investindo na construção de uma fábrica para produção de suco de uva na cidade de Cotiporã, região serrana do Rio Grande do Sul, que fica a169 kmde Porto Alegre. A cidade tem entre 3.900 e 4.100 habitantes (4.001 de acordo com o senso do IBGE, de 2004, e 3919, em 2005) e foi criada em 12 de maio de 1982, após emancipar-se de Veranópolis.

 

O financiamento previsto é de R$16,5 milhões para colocá-la em funcionamento já em 2010 e conseguir a produção com a próxima safra de uva. A previsão é de que o empréstimo seja pago com o fornecimento do suco para abastecer as escolas venezuelanas, ou seja, a garantia se dá pela existência de um mercado seguro para o fornecimento do produto.

O dinheiro virá do Bendes (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) da Venezuela e está destinado à Cooperativa de Sucos Monte Vêneto, que, segundo divulgação em jornais, já conta com vinte associados.

Como 90% da uva produzida no local é processadaem Bento Gonçalves, tradicional centro vitinicultor do Rio Grande do Sul e do Brasil, acredita-se que os investimentos irão produzir desenvolvimento em área significativa da serra gaúcha.

Dentro do planejamento de Hugo Chávez, é importante fazer investimentos na região que está geograficamente próxima das capitais dos demais membros do MERCOSUL (Mercado Comum do Sul), pois, assim, teria uma “cabeça de ponte” para acessar de forma facilitada a Argentina, o Paraguai e o Uruguai, a partir do território brasileiro.  Para que esse raciocínio se concretize e faça sentido, serão necessários mais investimentos, caso eles ocorram, e se espalhem pela região, a estratégia estará confirmada.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!