LOADING

Type to search

Visando modernização, governo russo anuncia que demitirá 100.000 funcionários

Share

O governo da Rússia anunciou que demitirá 100.000 funcionários públicos nos próximos 3 anos. Segundo o ministro das Finanças, Alexei Kudrin, a demissão dos funcionários permitirá a economia de 1,3 bilhão de dólares.

Desde a chegada ao poder do ex-presidente Vladimir Putin, o número de funcionários chegou ao patamar de 1,5 milhão, ocupando cargos em vários setores do Estado. Em junho, o atual presidente da Rússia, Dimitri Medvedev, anunciou a necessidade de cortar o funcionalismo em 20%, para dar conta do processo de modernização do pais, uma vez que também está em vista uma nova onda de privatizações de empresas estatais, com a expectativa de render 50 bilhões de dólares aos cofres do Estado.

Analistas afirmam ainda que este processo visa resolver também o problema da estagnação da máquina pública, causada pelo seu inchaço e pela corrupção que acarretou, devido ao grande envolvimento entre o funcionalismo e certos setores da iniciativa privada. O presidente deseja acelerar o processo, pois está acertando os recortes e costuras internas para conseguir garantir sua indicação para a reeleição presidencial no ano que vem.

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.