LOADING

Type to search

Wen Jiabao chega a Seul para discutir sobre a tensão na península sul coreana.

Share

O Primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, chega hoje (27 de maio) em Seul para se encontrar com o presidente sul-coreano Lee Myung-Back e dialogar quanto ao incidente que levou a tensão nas relações entre as duas coréias.

A Coréia do Sul, Estados Unidos e o Japão, estão tentando trazer a China para seu lado e se posicionar a favor de punir Pyongyang. Para os Seul e Washington, agora é momento da “estratégia de paciência”, levar as investigações e analisar os fatos de forma calma e cautelosa, sem tomar atitudes drásticas para não gerar mais tensões.

As principais redes de notícias do Japão e de Seul já condenam a Coréia do Norte. Estão ansiosos quanto à visita da autoridade chinesa e quanto a saber como a China se posicionará. Até o momento, o comportamento chinês também é de “estratégia de paciência”, por isso está analisando objetivamente as evidências que estão sendo utilizadas nas investigações.

A China é a principal aliada do governo de Kim Jong-il, e “ela tem o poder de levar Pyongyang ao diálogo, sem o uso do conflito”, como destacam acadêmicos e a imprensa asiática. Para o presidente sul-coreano e para a imprensa japonesa “as provas são fortes (…). A China ira se posicionar de forma objetiva e considerar as evidencias”.

É esperado que Wen e os funcionários chineses estudem o caso, avaliem as evidências e, por fim, executem uma estratégia de diálogo para tentar resolver o caso sem que as duas Coréias entrem novamente em guerra. É de interesse chinês manter boas relações com os dois lados da península de forma econômica e diplomática.

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.