LOADING

Type to search

Evento sobre o “Livro Branco de Defesa Nacional” enfatiza a integração regional

Priscila Rodrigues Pereira 2 de maio de 2011
Share

No “2º Seminário” sobre o “Livro Branco de Defesa Nacional” (LBDN), realizado em 28 de abril em Porto Alegre, acadêmicos políticos e militares direcionaram os debates para a função protagonista do Brasil na integração regional da América do Sul.

A crescente importância do Atlântico Sul no cenário internacional foi tratada com atenção na medida em que se torna uma missão brasileira impedir que haja influência de agendas estranhas ao subcontinente para a resolução de questões como o terrorismo, em especial na “Tríplice Aliança”. O ministro-conselheiro do Itamaraty, Afonso Calbonar, afirmou ser o LBDN o meio para que o Brasil exerça tal influência, principalmente no âmbito regional.

A existência de confiança entre os povos e a ausência de conflito interestatais na região foram ressaltadas como componentes determinantes para o processo de cooperação e integração que conta com o apoio de Nelson Jobim, “Ministro da Defesa”, por criar um importante elemento de dissuasão extrarregional.

Especialistas no assunto afirmaram que, mesmo que a liderança brasileira gere custo e exija concessões, haverá ganhos para facilitar o diálogo entre os países.

Tags:

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.