LOADING

Type to search

Polônia e o exercício militar da OTAN

Share

Na segunda-feira dessa semana (20 de abril de 2015), a França encaminhou para a Polônia um esquadrão com quinze veículos de combate, Tanques Principais de Batalha (MBT) Leclerc, com fins de realizar um exercício militar conjunto com as Forças Armadas Polonesas. Essa movimentação é colocada pela OTAN como uma forma de alinhar as forças militares desses dois países, para, assim, ter uma cooperação técnica e tática, demonstrando uma forte presença da OTAN no leste europeu nesse momento[1].

Especialistas observam que esses exercícios são uma demonstração da rápida capacidade de mobilização da OTAN nessa região, colocando de forma clara para a Rússia a presença militar ocidental no leste europeu. É preciso também identificar que a larga presença norte-americana tem sido objeto de questionamento pela Federação Russa, pois tamanha demonstração de força é observada como desnecessária, já que não há demonstração de agressão ou interferência nos assuntos internos de nenhum país europeu por parte da Rússia.

Algo que acrescenta parâmetros para analisar a região do leste europeu é a recente requisição do Presidente Polonês, Bronislaw Kormorowski, querendo negociar com os Estados Unidos a compra do seu sistema de mísseis de defesa para médio alcance, colocando, para muitos especialistas, a Polônia em um parâmetro militar diferenciado em relação aos seus vizinhos.

Alguns analistas de mercado de armamentos têm apontado um alto índice de comercialização de equipamentos de defesa no leste europeu, indicando que a conjuntura regional, certamente, está movimentando uma economia, que até pouco tempo se poderia considerar estagnada: a dos equipamentos de defesa para guerra convencional.

—————————————————————————————–

Imagem (Fonte):

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Leclerc_p1040703_cropped.jpg

—————————————————————————————–

Fontes Consultadas:

[1] VerFrance Sends Battle Tanks to Poland” (Publicado em 22 de abril de 2015):

http://sputniknews.com/europe/20150422/1021203619.html

Daniel Costa Sampaio - Colaborador Voluntário Júnior

Pósgraduado em Ciência Política (IUPERJ) e Bacharel em Relações Internacionais (UCAM). Experiência profissional em Representação Comercial e atualmente Gerente de Projetos e Novos Negócios na Prefeitura do Rio de Janeiro. No CEIRI Newspaper escreve no grupo Europa desde março de 2013, em que desenvolve publicações com ênfase na Política Externa Russa.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!