LOADING

Type to search

Share

O primeiro-ministro de Portugal, Pedro Passos Coelho, declarou sua concordância com o “Presidente da República” português, Aníbal Cavaco, sobre uma desvalorização do Euro face ao dólar, defendendo que, do ponto de vista econômico, o Euro menos valorizado poderia trazer mais exportações e competitividade para toda a Europa.

 

O Presidente da República fez uma constatação, irônica até, porque toda a zona vive uma instabilidade financeira grande, mas apesar disso é factual que o euro está bastante apreciado relativamente ao dólar. Não há dúvida que um Euro menos valorizado poderia trazer, do ponto de vista económico, mais exportações e competitividade para toda a Europa”*, afirmou o governante, citado pelo “Diário de Notícias” de Portugal.

Se o euro não estivesse tão forte em relação ao dólar, porventura a economia européia não estaria em situação tão vulnerável como hoje se apresenta em termos financeiros”, ressaltou à imprensa o presidente Cavaco Silva, no dia 16 de julho, no final de uma visita ao município português de Caminha.

O primeiro-ministro Passos Coelho defendeu ainda que a Europa tem de encontrar “uma solução robusta e coerente”, por meio de um acordo a ser alcançado entre os 27 países, nomeadamente entre a Alemanha e a França, que são as economias mais fortes da “Zona Euro”.

———————–

* Fonte: http://www.dn.pt/Inicio/interior.aspx?content_id=1912034   

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!