LOADING

Type to search

Portugal e Brasil: em busca de novas parcerias

Share

Na última segundafeira, 10 de junho, ocorreu na cidade de Lisboa a “Cimeira bilateral BrasilPortugal”. A visita oficial da comitiva brasileira, bastante curta, teve início às 17hs em um encontro no “Palácio de Belém” entre a Presidenta do Brasil”, Dilma Rousseff, e o “Presidente de Portugal”, Aníbal Cavaco Silva.

Teve continuidade com a abertura oficial da Cimeira, às 18h30, quando teve o encontro com o “Primeiro Ministro de Portugal”, Pedro Passos Coelho, e houve conversas no “Palacete de São Bento” até as 21hs, hora marcada para o início banquete oficial no “Palácio de Queluz[1][2].

Antes dos compromissos oficiais, a presidenta Rousseff encontrou-se, em Lisboa, com o secretário-geral do “Partido Socialista”, António José Seguro[3], e fez uma visita ao antigo “Presidente de Portugal”, Mário Soares[4].

A visita se dá em plena cena de privatizações do Estado português, que vem sofrendo sério arrocho fiscal acompanhado de uma crise social com o alto nível de austeridade exigida pelos financiadores internacionais. Sobre os possíveis investimentos brasileiros, Seguro afirma que “o investimento brasileiro não é bem estrangeiro, porque o Brasil é um país amigo[2]. Ademais, outros momentos foram decisivos para possíveis parcerias de além-mar.

Em auge da crise político-econômica que Portugal sofria/sofre com a possível saída do então primeiro-ministro Sócrates, a presidenta Dilma, quando da visita oficial ao país em virtude do evento de titulação de Doutor Honoris Causado ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (no início de 2011), pela “Universidade de Coimbra”, demonstrou interesse em investir fortemente no país, fato que, no entanto, resultou apenas no aprimoramento das relações educacionais através do Programa de bolsas de estudos no exterior, o “Ciências Sem Fronteiras” e através do “Programa de Licenciatura Internacional”.

À época, já estava em voga a questão da privatização da “Transportes Aéreos Portugueses” (TAP), empresa de aviação civil estatal responsável por grande parte do fluxo aéreo português, sobretudo para o Brasil. No entanto, as negociações não progrediram.  A possível ajuda brasileira através de financiamento fora cessada e questões internas em Portugal fizeram com que a venda da TAP fosse suspensa. O assunto voltou a ser debatido e ampliado.

Fernando Pimentel, “Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior” do Brasil, presente na comitiva da Presidenta, afirmou no domingo, dia 9 de junho, que há a possibilidade do “Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social” (BNDES) financiar empresas brasileiras que queiram integrar o processo de privatização do governo português, nas áreas de aviação, saneamento, correios e portos[5]. São os investimentos seguindo o caminho inverso de Pedro Álvares Cabral, criando novas rotas e novas relações de poder no Atlântico.

——————————-

Imagem Encontro de Dilma e Seguro em Lisboa” (Fonte):

https://expresso.sapo.pt/imv/1/887/783/dilma-7e6b.jpg

—————————————

Fontes consultadas:

[1] Ver:

http://expresso.sapo.pt/dilma-vem-mas-nao-se-sabe-quando=f812766

[2] Ver:

http://www.publico.pt/politica/noticia/seguro-tap-brasil-privatizacao-dilma-1596931

[3] Ver:

http://expresso.sapo.pt/brasil-disponivel-para-ajudar-portugal=f813037

[4] Ver:

http://expresso.sapo.pt/dilma-rousseff-encontra-se-tambem-com-mario-soares=f813017

[5] Ver:

http://www.ebc.com.br/noticias/internacional/2013/06/bndes-podera-financiar-empresas-brasileiras-em-programa-de

Enhanced by Zemanta
Otávio Correia - Colaborador Voluntário

Graduado Relações Internacionais, possui diploma de Estudos Especializados e Mestrado em Relações Internacionais pela Universidade dos Açores (UAç). Foi Professor da graduação em Relações Internacionais na Universidade Estadual da Paraíba e atuou em organizações humanitárias como a PLAN International e a Casa da Mulher do Nordeste. Atualmente é pesquisador e aluno do Phd em Relações Internacionais: Política Internacional e Resolução de Conflitos, na Universidade de Coimbra. Assuntos como Fome, Violência Urbana, Paradiplomacia e Política Internacional permeiam suas pesquisas.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.